Home SALA DE IMPRENSA Arquivo Notícias Economia Empresários paraenses apresentam demandas da indústria ao presidente Michel Temer

Empresários paraenses apresentam demandas da indústria ao presidente Michel Temer

E-mail Imprimir
AddThis Social Bookmark Button

 

TEMER

 

O presidente do Sistema Fiepa, José Conrado Santos, e os empresários paraenses Sidney Rosa, Hélio Melo, Fernando Ferreira, José Maria Mendonça e Marcos Marcelino participaram de reunião com o presidente Michel Temer e representantes de federações e outros empresários dos estados do Amazonas, Acre e Maranhão na manhã da última terça-feira em Brasília (DF).

O encontro, articulado junto à CNI e ao Conselho Nacional do SESI, teve como propósito apresentar ao presidente as demandas do setor industrial nos estados do Pará, Amazonas, Maranhão e Acre, bem como reforçar o apoio à proposta da reforma da Previdência, enviada na última terça-feira (6) ao Congresso Nacional. No encontro, Temer reforçou a necessidade da medida para garantir a sustentabilidade do sistema previdenciário. Entre as demandas da indústria paraense apresentadas ao presidente Temer: a necessidade em garantir mais segurança jurídica aos potenciais investidores que até 2020 vão aportar cerca de R$ 200 bilhões no Pará; a implementação de um novo Refis, que consolide os débitos fiscais, proposta capitaneada pela CNI, que tem apoio do Pará com o objetivo de regularizar financeiramente as empresas do setor.

Outras questões levantadas pelo presidente do Sistema Fiepa foram a penalização do estado com a Lei Kandir e o longo prazo para licenciamento ambiental de empreendimentos. O presidente Temer sinalizou que vai encaminhar as demandas para os ministérios alinhados aos temas apresentados e vai compartilhar também os governadores dos estados participantes do encontro. “Foi um diálogo franco, em que tivemos a oportunidade de apresentar também os potenciais econômicos do Pará e de conhecer melhor o programa de desenvolvimento do Governo Temer”, declara José Conrado Santos, presidente do Sistema Fiepa. 

Previdência - Este foi o quarto encontro com presidentes de federações de indústrias, organizado pelo Sesi e pela CNI. A meta dessas reuniões é discutir ações voltadas ao crescimento da economia e à geração de empregos no País.
O presidente do Conselho Nacional do Sesi, João Henrique de Almeida Sousa, que os presidentes das federações das indústrias do Pará, do Maranhão, do Amazonas e do Acre demonstraram apoio à reforma no sistema previdenciário. “É uma reforma extremamente necessária, compreendida pelos empresários que participaram da reunião, que se comprometeram inclusive a difundir aquela ideia e de fazer por onde a população entenda da necessidade desta reforma”, afirmou. Sousa acrescentou que, durante a reunião, o presidente da República “demonstrou de forma muito clara que, sem reforma da Previdência, muito possivelmente por volta de 2020, 2024 o Brasil não teria mais como arcar com o pagamento da Previdência Social”. O presidente do Conselho Nacional do Sesi destacou ainda que os empresários dão “apoio integral” à proposta de emenda à Constituição (PEC) que limita os gastos públicos. A PEC 55 deve ser votada em segundo turno no plenário do Senado, na próxima semana. Se for aprovada, segue para promulgação pelo Congresso Nacional.

 

Fonte: Portal Planalto.

 
Follow us on Twitter

NewsLetter








Twitter

 

Acesso Rápido

Banner site 155x49px

 banner_site-redes

banner_apex_cin

 banner mercados estratégicos

  capa guiaindustrial

Meia página - 300x600px 


Ultimas Notícias

Mais Acessados