Notícias

Alubar realiza doações para reduzir impactos da pandemia no Pará

Alubar realiza doações para reduzir impactos da pandemia no Pará

Alubar realiza doações para reduzir impactos da pandemia no Pará

No momento em que o mundo enfrenta a pandemia da covid-19, doença causada pelo novo Coronavírus, a união e a solidariedade se tornam ainda mais importantes para salvar vidas. A Alubar, que é maior fabricante de cabos elétricos de alumínio na América Latina, uma das maiores produtoras de vergalhões de ligas de alumínio em todo o continente e fabricante de condutores de cobre para todo o Brasil, também faz parte do time de empresas que juntam forças com a sociedade para reduzir os impactos sociais da pandemia por meio de doações diversas. Entre abril e maio deste ano, a empresa apoiou instituições governamentais e não governamentais que realizam ações de saúde e assistência social.

O Diretor Executivo da Alubar, Maurício Gouvea, explica que as contribuições da empresa são uma forma de cumprir com sua responsabilidade neste momento de sobrecarga dos serviços de saúde e assistência social. “Internamente, temos tomado diversas medidas para proteger nossos colaboradores que, por serem essenciais ao setor de energia elétrica, continuam trabalhando. Mas não podemos jamais nos esquecer de que há uma crise de saúde além dos portões da empresa, por isso temos nos colocado à disposição para contribuir com a sociedade naquilo que está dentro de nossas possibilidades”, afirma.

Para a Associação da Pia União do Pão de Santo Antônio, entidade beneficente que abriga 76 idosos em Belém, foram doados 3 mil itens entre materiais alimentícios e de higiene pessoal, como suplementos alimentares e fraldas geriátricas. A Fundação Pestalozzi, instituição sem fins lucrativos que atende cerca de 500 crianças com múltiplas deficiências na capital paraense, recebeu doação de 300 kits de segurança contendo máscaras reutilizáveis e álcool em gel, que foram distribuídos para pacientes do Hospital Maternidade Santo Antônio e Casa Ronald McDonald.

A empresa também auxiliou a Prefeitura de Barcarena, município onde sua maior fábrica está instalada. Foram doadas 2.500 máscaras de proteção tipo PFF2, além de 20 camas hospitalares, que serão destinadas para equipar o Hospital de Campanha de Barcarena.

Para a Prefeitura de Abaetetuba, município vizinho onde também residem vários colaboradores da Alubar, foram doadas 5 toneladas de cestas básicas, que serão distribuídas para famílias carentes. Já o campus da Universidade Federal do Pará (UFPA), neste mesmo município, recebeu 10 caixas contendo filamentos ABS Prêmio de 175mm, utilizados para impressão 3D de máscaras do tipo face shield, destinadas a servidores dos sistemas de saúde e penitenciário. “É um equipamento de proteção individual, reutilizável e ajustável. Para prevenir o contágio, ele funciona como uma barreira física, uma espécie de escudo que protege o rosto de cada indivíduo”, explica a professora Ana Áurea Maia, coordenadora do Campus da UFPA em Abaetetuba.

Ao Governo do Pará, a Alubar doou 5 toneladas de alimentos básicos, que estão sendo distribuídos às pessoas em situação de rua que se encontram em isolamento social no Estádio Olímpico do Mangueirão, em Belém. “Agradecemos muito por esses alimentos que foram doados, pois é muito importante para continuarmos assistindo a esse público aqui no Mangueirão e também no Mangueirinho, nessa luta contra a pandemia do novo coronavírus”, ressaltou Vitor Borges, secretário-adjunto da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), ao receber as doações. A Seel é responsável pela gestão da praça esportiva.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Alubar

 


Compartilhar:
LOCALIZAÇÃO
Tv. Quintino Bocaiúva, 1588 - Nazaré -
66035-190 - Belém/PA
CONTATOS
(91) 4009-4900
ascom@fiepa.org.br
SIGA A FIEPA