Notícias

Comitiva do projeto Na Fábrica acompanha instalações de indústria de cimento em Ananindeua

Comitiva do projeto Na Fábrica acompanha instalações de indústria de cimento em Ananindeua

Comitiva do projeto Na Fábrica acompanha instalações de indústria de cimento em Ananindeua

A comitiva do projeto "Na Fábrica" visitou, nesta sexta-feira (18), as instalações da Polimix Concreto, indústria de cimento que está em processo de implantação no Distrito Industrial de Ananindeua. A iniciativa, promovida pelo Sistema FIEPA, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme) e a Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (Codec), busca aproximar os órgãos estaduais e o setor produtivo para impulsionar negócios que gerem desenvolvimento no Estado. 

Em um terreno de 67,9 mil m², a fábrica da Polimix terá um investimento total de R$ 200 milhões na sua primeira fase de implantação, com capacidade de produção de 500 mil de toneladas de cimento por ano. Toda a planta foi concebida dentro do contexto da Indústria 4.0, com seus processos predominantemente automatizados. Outro diferencial do empreendimento será a saída dos produtos via terrestre e fluvial, graças a localização estratégica da fábrica, que facilita a logística. 

A previsão para o início das operações é para março de 2023. No total, mais de mil empregos diretos e indiretos serão gerados até o final da implementação do projeto, sendo mais de 90% de mão de obra local. “Desde o primeiro momento, tivemos nossos pleitos totalmente atendidos pelo Governo do Estado e o apoio da FIEPA para tocar o projeto, e isso foi fundamental para o sucesso da implantação e do empreendimento. A mão de obra e fornecedores locais, que é a nossa prioridade, também tem nos atendido de maneira muito satisfatória, o que também facilita o andamento da obra e nos dá ainda mais segurança para a expansão de novos negócios no Pará”, diz o Lider Regional da Polimix, Andrey Lira.

A área foi adquirida pela Polimix para a implantação em 2020, após a assinatura de um Protocolo de Intenções com a Codec, responsável pela administração do Distrito Industrial de Ananindeua. “Empreendimentos como este são fundamentais para o desenvolvimento do nosso Estado e, naquilo que pudermos, não faltará esforços para que essas indústrias se sintam apoiadas e se instalem no Pará”, comenta Lutfala Bitar, presidente da Codec. “É uma grande indústria sendo implantada, trazendo emprego e renda para o nosso Estado, e isso é fantástico”, complementa o Secretário-adjunto da Sedeme, Carlos Ledo.

Setor da Construção Civil

Para o vice-presidente da FIEPA e presidente do Sindicado da Indústria da Construção do Estado do Pará (Sinduscon/PA), Alex Carvalho, o novo empreendimento vai impulsionar o segmento da construção no Estado. “A fábrica vai trazer não só ampliação na oferta de cimentos, que é um dos principais insumos consumidos pelo nosso segmento econômico, mas também trazer desenvolvimento, com a implantação de uma indústria 4.0, altamente moderna, com todas as melhores práticas de sustentabilidade ambiental e produtividade. Muito nos alegra, também, a valorização das nossas empresas do setor da Construção Civil, que são mais de 90% das contrações da Polimix nessa fase de implantação”, diz Carvalho.

“O projeto Na Fábrica e a implantação da Polimix no Distrito Industrial de Ananindeua mostra a importância da interação do setor produtivo, da FIEPA e das entidades governamentais não só na implantação de uma indústria, que é extremamente importante para a cadeia produtiva, mas também para o desenvolvimento da sociedade, trazendo qualidade de vida para a população local”, conclui o vice-presidente executivo da FIEPA e presidente do Centro das Indústrias do Pará (CIP), José Maria Mendonça. 

 


Compartilhar:
LOCALIZAÇÃO
Tv. Quintino Bocaiúva, 1588 - Nazaré -
66035-190 - Belém/PA
CONTATOS
(91) 4009-4900
ascom@fiepa.org.br
SIGA A FIEPA