Notícias

Empresas contribuem para formação de fornecedores

Empresas contribuem para formação de fornecedores

Empresas contribuem para formação de fornecedores

 

Compartilhar conhecimento sobre Compliance, formulação de Código de Conduta & Ética e muito mais. Essa foi a proposta do Workshop de Ética e Conduta promovido pela REDES – Inovação e Sustentabilidade Econômica, iniciativa da Federação das Indústrias do Pará (Fiepa) na Fiepa, em Belém. O evento foi realizado em parceria com a Imerys, mineradora francesa que atua com caulim no município de Barcarena e será direcionado principalmente para fornecedores que atendem os projetos sociais e a comunicação da empresa.

 

A programação contou com dinâmicas, palestras e mais atividades. De acordo com o analista de Comunicação da Imerys, Pedro Cavalcante, a mineradora possui diversas ferramentas que fomentam uma conduta profissional exemplar. “Para pequena e médias empresas, políticas e códigos de ética não são comuns, mesmo que a empresa, de forma empírica, acabe aplicando conceitos por questões de bom senso e vivência. Hoje, ter um código de ética factível é um diferencial no mercado.”, explica.

 

Por isso, a Imerys apresentou aos fornecedores a importância de ter este tipo de ferramenta e exemplificar como os funcionários e gestores devem introduzir os conceitos do código de ética e conduta empresarial na rotina, não apenas obedecendo às regras, mas absorvendo o real motivo delas existirem e como isso pode gerar um crescimento profissional individual. Nascer pequeno é normal para uma empresa, agora se uma empresa pretende crescer, aumentar a cartela de clientes, expandir sua atuação, antes, é necessário fundamentar suas ações por meio de ética e de uma conduta empresarial transparente”, reforça Pedro.

 

Parceria - A equipe de Compliance da Alubar, empresa que oferece soluções em condutores elétricos de alumínio e cobre, participou do evento com uma explicação sobre os primeiros passos para quem quer começar um programa de integridade. Entre os assuntos, que serão tratados de forma simplificada, estão código de conduta e os principais pilares de um programa de compliance. “Fizemos uma explicação breve sobre suporte de alta administração e avaliação de riscos, mas o foco maior foi uma dinâmica de como criar o código de conduta, utilizando inclusive as recomendações da Controladoria Geral da União”, relata o Gerente de Compliance da Alubar, André Cruz, que ministrou parte do conteúdo junto ao Analista de Compliance Davi Mendonça.

 

Localizada em Barcarena, a Alubar implantou seu Programa de Compliance em 2015. Desde então, a fábrica vem se tornando uma referência para outras indústrias. Em 2017, a Alubar foi reconhecida com o Selo de Integridade do Pró-Ética, honraria concedida pelo Ministério da Transparência e Controladoria Geral da União (CGU).

Compartilhar:
LOCALIZAÇÃO
Tv. Quintino Bocaiúva, 1588 - Nazaré -
66035-190 - Belém/PA
CONTATOS
(91) 4009-4900
ascom@fiepa.org.br
SIGA A FIEPA