Ação Pró-Amazônia realiza reunião em Belém

Publicado em 23/11/2018 18:44h

Fiepa Novidades

Ação Pró-Amazônia realiza reunião em Belém

Presidentes e representantes das Federações das Indústrias da região amazônica se reuniram em Belém no último dia 23, para a reunião da Ação Pró-Amazônia, que defende os interesses dos estados da Amazônia Legal. Na pauta, discussão do novo cenário construído pelas eleições de 2018, além de assuntos relacionados ao desenvolvimento econômico da região. O encontro foi realizado na sede do Sistema FIEPA.

Convidado para a reunião, o titular da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), Paulo Roberto Correia, comentou a importância do evento. “Conseguimos discutir os assuntos que travam o nosso desenvolvimento e alinhar politicamente o que vamos planejar futuramente. Essa conjunção da sociedade através do Pro-Amazônia é importantíssima". Paulo Roberto disse ainda que para haver o avanço dos pleitos que estão no congresso, essa aproximação com as federações é fundamental para o desenvolvimento amazônico.

O presidente da Federação das Indústrias do Acre, José Adriano Ribeiro da Silva, conduziu a reunião na condição de vice-presidente da ação e ressaltou a importância do encontro que permitiu ouvir e levar em conta todas as demandas tanto das federações, quanto políticas e empresariais. “Incentivar lideranças empresariais e políticas para que sejam convidadas a trazer suas posições a respeito desses temas é fundamental. Também é importante estimular os presidentes de federações e conselhos para que venham colocar de forma contundente, baseado em estudos, um diálogo para orientar uma grande mudança em benefício da região”, comentou o presidente José Adriano.

O presidente do Sistema FIEPA, José Conrado Santos, disse que foi uma honra pra Federação do Pará sediar o encontro. "É nossa missão incentivar o debate em benefício do desenvolvimento da Amazônia. Unidos, os estados da região, que tem alguns pleitos parecidos, dada a sua localização, podem destravar os processos que impedem esse desenvolvimento", finaliza.

SISTEMA FIEPA - Portal da Indústria Paraense
X