Delegação da União Europeia visita a FIEPA para conhecer potencial econômico do Estado

Publicado em 13/09/2018 16:49h

Fiepa Novidades

Delegação da União Europeia visita a FIEPA para conhecer potencial econômico do Estado

A chefe adjunta da delegação da União Europeia no Brasil, Cláudia Gintersdorfer, visitou a sede da Federação das Indústrias do Estado do Pará (FIEPA), nesta quinta-feira (13). O objetivo foi conhecer a atuação das entidades que compõem o Sistema FIEPA (SESI, SENAI, IEL, REDES e CIN), as iniciativas voltadas para o fortalecimento do setor produtivo no Estado do Pará e o potencial da região para novos investimentos internacionais.

Após assistir as apresentações feitas pelos gestores do Sistema FIEPA, a comitiva, composta por 14 representantes de países da União Europeia, entre os quais, a Bélgica, Eslovênia, Reino Unido, Espanha, Finlândia, Croácia, Suécia, Dinamarca, Luxemburgo, França e Países Baixos, demonstrou interesse e fez perguntas sobre questões como logística, meio ambiente, inovação e transferência de tecnologia.

Segundo Gintersdorfer, este primeiro diálogo deverá ser intensificado a partir de 2019, quando ocorrerão outros encontros entre representantes da UE e entidades paraenses. “Esta é a primeira aproximação com a FIEPA e estamos aqui com um programa muito variado que envolve muitos temas que vão desde a biodiversidade, cultura e direitos humanos, mas estamos planejando no ano que vem uma visita dos conselheiros comerciais das embaixadas da União Europeias para aprofundar esse relacionamento, que já é muito intenso, e conhecer novas oportunidades de cooperação”, explicou.

Para o presidente em exercício da FIEPA, Nilson Azevedo, “a entidade tem total interesse em estimular e participar da interlocução entre países, estados e governos para tornar possível o fortalecimento das empresas e da economia da região”.

Durante o encontro, o vice-presidente da FIEPA, Clóvis Carneiro, falou sobre as oportunidades existentes no Estado em diversos setores, entre os quais a agricultura e a mineração. “Nosso estado tem muitas vantagens competitivas como, por exemplo, o clima favorável durante quase todo o ano para o desenvolvimento agrícola e a localização privilegiada para exportação com portos que ficam próximos de grandes centros econômicos como a União Europeia, América do Norte e Ásia”.

Para Cassandra Lobato, coordenadora do Centro Internacional de Negócios (CIN/FIEPA) encontros como este representam sempre uma oportunidade de fortalecimento e de diversificação da pauta de exportações do Estado. “O CIN/FIEPA é uma porta de entrada para o mercado internacional e o Pará é um dos estados da Federação com maior potencial exportador e total capacidade de contribuir ainda mais para a balança comercial brasileira”.

SISTEMA FIEPA - Portal da Indústria Paraense
X