Demandas por empresas locais crescem 29% em 2019

Publicado em 08/07/2019 13:56h

Fiepa Novidades

Demandas por empresas locais crescem 29% em 2019

Com foco no desenvolvimento regional, as grandes empresas instaladas no Pará têm buscado, cada vez mais, fechar negócios junto aos empreendedores paraenses, fortalecendo a relação com os fornecedores locais a partir das chamadas compras internalizadas. Segundo apontam os dados da iniciativa REDES, que integra o Sistema Federação das Indústrias do Pará (FIEPA), somente no primeiro semestre deste ano, houve um aumento médio de 29% no volume de demandas oriundas das indústrias parceiras, em termos de contratação de produtos e serviços oferecidos por fornecedores locais, se comparado a igual período do ano passado.

Conforme explica o executivo de Gestão da REDES, Marcel Souza, este aumento representa não apenas um sinal de expansão das necessidades de compras locais das indústrias parceiras da Redes, mas também, um aumento da confiança das soluções ofertadas pela iniciativa. “Recebemos, somente no primeiro semestre deste ano, 132 demandas por indicação de fornecedores, ou seja, quase 30% a mais que em igual período do ano passado”, revela. Ele reforça que, ao todo, 657 fornecedores foram indicados para atendimento a estas demandas industriais, ou seja, uma média de cinco empresas para cada solicitação - o que reforça a atuação da REDES no que tange a sinergia entre os fornecedores e as necessidades de compras industriais.

ATUAÇÃO

O fortalecimento da relação entre a REDES, suas mantenedoras e os fornecedores é fruto de um trabalho desenvolvido há 19 anos, que vem se intensificando ao longo da última década. Para se ter uma ideia dos avanços nos projetos desenvolvidos pela iniciativa com foco na inovação, somente no primeiro semestre deste ano foram realizados cinco eventos de negócios com a criação de um novo formato, o Supply Tank, com duas edições, uma em Belém, durante a XIV Feira da Indústria do Pará (FIPA) e outra em Santarém. Ainda no âmbito da inovação, foi lançado neste primeiro semestre o maior Wokshop On-line, o Venda Mais para a Indústria.

A qualificação também esteve no foco da REDES/FIEPA nos seis primeiros meses deste ano, já que a iniciativa realizou 16 capacitações às lideranças locais onde se instalarão grandes projetos industriais do Estado, levando capacitação técnica a 434 pessoas. A atuação e capilaridade da Redes em território paraense garantiu a renovação de 100% dos convênios previstos para a atualização para o período. Neste intervalo, sete novas empresas aderiram ao rol de apoiadoras da iniciativa. Ainda no primeiro semestre deste ano, a Redes garantiu a execução do Programa de Desenvolvimento de Fornecedores em Parceria com as empresas Hydro e Imerys, envolvendo 32 empreendimentos, com mais de 140 horas em capacitações. Reforçando as atividades realizadas, a iniciativa contou com espaço próprio na XIV Feria da Indústria (FIPA) levando o seu Universo Industrial e realizou, também, eventos de capacitação e geração de negócios.

A Redes também renovou todos dos seus convênios previstos para o período e, de forma inédita, fechou dois novos convênios com a Norte Energia S/A para ações de socioeconomia, com um período de duração de dois anos na região do XINGU. A ideia é estreitar ainda mais o relacionamento com os stakeholders da iniciativa, considerando o viés de crescimento que já vem sendo observado, por exemplo, nos canais de internet. Somente no primeiro semestre deste ano, foram 352 mil interações nos canais comunicacionais da REDES/FIEPA. Para segundo semestre, a meta é intensificar ainda mais os bons resultados alcançados até aqui.  

 

SISTEMA FIEPA - Portal da Indústria Paraense
X