Menos da metade do esgoto no Brasil é tratado

Publicado em 25/07/2019 09:11h

Fiepa Novidades

Menos da metade do esgoto no Brasil é tratado

O país ainda apresenta quase 35 milhões de brasileiros sem acesso à água tratada e quase 100 milhões sem coleta de esgotos (47,6% da população). Outro dado alarmante é que apenas 46% dos esgotos gerados no país são tratados. Os dados são do Instituto Trata Brasil em parceria com a consultoria GO Associados, e fazem parte do novo Ranking do Saneamento Básico, que contempla as 100 maiores cidades do Brasil, onde habitam 40% da população. O ranking foi feito com base nos dados do Ministério do Desenvolvimento Regional, pelo Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS) – ano base 2017.

As cidades de Franca e Santos, em São Paulo, aparecem em primeiro e segundo lugar, respectivamente no ranking. Belém ocupa o 90º lugar, subindo oito posições em relação ao ano passado, mas ainda trata apenas 0,78% do esgoto. Ananindeua ocupa a penúltima posição do ranking, com apenas 0,77% do esgoto tratado. Santarém, que também aparece na lista, permaneceu na 97ª posição em relação ao ano anterior.

“O ranking reforça problemas crônicos que nós temos, e que ainda não foram devidamente enfrentados. O país tem que priorizar essa agenda, pois quanto mais se investir em saneamento básico, mais teremos qualidade de vida e menos gastos com políticas públicas de saúde”, enfatiza o presidente do Conselho Temático de Meio Ambiente da FIEPA, Deryck Martins.

De acordo com o Instituto Trata Brasil, o tratamento de esgoto continua sendo um desafio. Em 2017, diz o estudo, o Brasil continuou lançando diariamente no solo, córregos, em rios, mar e demais cursos d’água o equivalente a aproximadamente 5.622 piscinas olímpicas de esgoto não tratado. Os dados mostram que os indicadores médios do país e das 100 maiores cidades são muito baixos e, considerando somente as 100 maiores cidades do país, elas despejaram cerca 2.091.080 m3 de esgotos, equivalente à de 2.292 piscinas olímpicas na natureza.

SISTEMA FIEPA - Portal da Indústria Paraense
X