REDES/FIEPA reconhece as empresas que mais compram no Pará

Publicado em 10/08/2018 13:33h

Fiepa Novidades

REDES/FIEPA reconhece as empresas que mais compram no Pará

As mantenedoras da REDES – Inovação e Sustentabilidade Econômica que mais compraram no estado no ano em 2017, tanto em volume de compras quanto em termos percentuais, foram
reconhecidas na noite desta quarta-feira (8) no VI Prêmio REDES de Desenvolvimento. Também foram premiados o case de desenvolvimento de fornecedor e o comprador do ano.

A 6ª edição celebrou, ainda, os 18 anos de atuação da REDES/FIEPA no Pará. Hoje, a instituição possui 13 indústrias mantenedoras, 23 empresas apoiadoras, 5 cooperadas e mais de mil fornecedores locais cadastrados na sua plataforma de negócio, à frente, estatisticamente, de alguns estados brasileiros como o Maranhão e o Espírito Santo, que possuem iniciativas similares, segundo o gestor executivo, Marcel Souza.

“As indústrias que primeiro acreditaram no antigo PDF (Programa de Desenvolvimento de Fornecedores – PDF) e hoje REDES, foram a Vale, Mineração do Norte, Albras/Alunorte e Imerys. Hoje contamos com nove outros projetos industrias que nos apoiam na disseminação da importância da consciência da sustentabilidade econômica no estado”, informa o gestor executivo da REDES/FIEPA.

A 6ª edição do prêmio REDES/FIEPA reconheceu a empresa de Transportes Caliman, prestadora de serviços da Hydro, com o Case de Desenvolvimento de Fornecedores pelo projeto “Auditoria como ferramenta de desenvolvimento de fornecedores locais”. Já a categoria Comprador do ano de 2017 foi pela segunda vez consecutiva para a analista de compras da SINOBRAS, Eloá Betini, pelo trabalho de excelência que vem desenvolvendo na empresa e no relacionamento com a iniciativa do Sistema FIEPA.

Mesmo com o bicampeonato, ela disse que a emoção foi como se fosse a primeira vez. “Trabalhei muito focada, sempre em busca de novos fornecedores com o apoio da REDES/FIEPA, por mais simples que fosse, do fornecedor de lava jato até a busca por empresas com atividades mais complexas, sempre com foco no ganho futuro”.

As empresas que mais realizaram compras no estado em termos percentuais no ano passado foram reconhecidas na Categoria Percentum. O primeiro lugar foi para a Alubar, líder na fabricação de cabos de alumínio; o segundo lugar ficou com a Dow, empresa americana que atua no mercado de silicones e inovações e a terceira colocada nesta categoria foi a empresa norueguesa Hydro, que desenvolve atividades industriais na região nordeste do estado.

Como algumas empresas também compraram acima de 50%, média comum do indicador REDES, receberam uma menção honrosa as mantenedoras Alcoa, Celpa, Imerys e Mineração do Norte - MRN. De acordo com o gerente de sustentabilidade da Alcoa, Rogério Ribas, a parceria com a REDES/FIEPA e com as associações comerciais é de suma importância para o desenvolvimento de novos fornecedores na região e para a geração de emprego.

Segundo ele, a empresa tem conseguido aumentar o número de funcionários paraenses que já somam um total de 87, sendo 67 somente no município de Juruti, onde o projeto está instalado, contribuindo desta forma para o d esenvolvimento do estado.

O prêmio mais esperado da noite, o da Categoria Absolutus –reconheceu as empresas que mais compraram no estado em volume total de compras e foi entregue à Vale, mineradora com
mais de cinco projetos instalados na região e tricampeã na categoria.

O gerente de suprimentos da Vale, Igor Póvoa, explicou que a empresa tem um trabalho forte em parceria com a REDES/FIEPA, principalmente na captura e na indicação de fornecedores locais. “Esse compromisso para desenvolver o fornecedor, o capital intelectual e as empresas locais, são mostrados, inclusive pelos números, que crescem anualmente, e demonstram o quanto a Vale está comprometida com o desenvolvimento da região”.

As empresas Hydro e Norte Energia ocuparam o segundo e o terceiro lugares, respectivamente, na categoria de volume total de compras.

SISTEMA FIEPA - Portal da Indústria Paraense
X