Segundo dia de feira é marcado por convênio na área da indústria química e têxtil

Publicado em 17/05/2019 09:37h

Fiepa Novidades

Segundo dia de feira é marcado por convênio na área da indústria química e têxtil

O segundo dia da XIV Feira da Indústria do Pará (FIPA) foi marcado por uma extensa programação técnica voltada para o desenvolvimento do setor, com cursos, palestras, workshops e rodadas de negócios. A agenda desta quinta-feira (16) também trouxe como destaque a assinatura do convênio entre o Sistema FIEPA, por meio do com o SENAI Pará, com o SENAI CETIQT do Rio de Janeiro, que garante a instalação em Belém de um polo avançado deste que é o maior centro latino-americano de produção de conhecimento da cadeia produtiva têxtil e de confecção e da área química.

O Centro de Tecnologia Têxtil e de Confecção da Amazônia será instalado na unidade SENAI Getúlio Vargas e deve começar a operar a partir de outubro. Sua atuação será focada nos campos têxtil, confecção e moda, com desenvolvimento de pesquisa e inovação para geração de novas tecnologias e produtos.

“Com a instalação nós queremos fomentar o segmento no nosso estado, tendo como grande beneficiado as indústrias de confecção. Este é um seguimento que sempre foi muito forte, mas que hoje precisa de uma atenção especial. E este polo vai proporcionar esse desenvolvimento que inclui a qualificação de mão de obra, incentivando, assim, o surgimento de novas empresas”, destacou Dário Lemos, Diretor Regional do SENAI Pará.  

Os mesmos laboratórios disponibilizados para pesquisa e projetos voltados para as indústrias serão utilizados pelos alunos de qualificação e aperfeiçoamento de mão de obra. Neles serão desenvolvidas atividades práticas profissionais simulando a realidade das indústrias nos campos da modelagem, corte industrial, corte automático, pilotagem de peças e desenvolvimento de coleções, contribuindo para a competitividade da indústria paraense.

"Foram anos de trabalho e articulações para que esse projeto se tornasse realidade. Acreditamos que esse ramo tem muito a crescer e com o novo polo vamos trazer tecnologia e proporcionar a formação de profissionais mais capacitados para atuação no mercado", pontuou Fernando Moêbus, Coordenador de Serviços de Consultoria do Senai CETIQT.

Ainda durante a cerimônia de assinatura, foi realizada a entrega do prêmio do Sindicato das Indústrias de Confecções de Roupas do Estado do Pará - Sindusroupa, em reconhecimento ao setor de confecção. A empresa homenageada foi o Grupo MLX, da empresária Márcia Bittar, representada por sua filha e diretora operacional, Priscila Vieira.

"Estamos no mercado há 25 anos e este prêmio é um reconhecimento de toda uma trajetória de trabalho. Começamos com seis funcionários e hoje contamos com mais de 100, o que nos dá muito orgulho. E seguindo os avanços tecnológicos apresentados aqui na FIPA, contamos com todo o processo de produção e maquinário automatizados. Só temos que agradecer e comemorar", afirmou Priscila Vieira.

SISTEMA FIEPA - Portal da Indústria Paraense
X