Sinduscon lança Censo Imobiliário Belém e Ananindeua

Publicado em 08/05/2018 11:44h

Fiepa Novidades

Sinduscon lança Censo Imobiliário Belém e Ananindeua

O Sindicato da Indústria da Construção do Estado do Pará (Sinduscon-PA) convida os veículos de comunicação relacionados para a coletiva de Imprensa e lançamento do Censo Imobiliário de Belém e Ananindeua, que ocorrerá no dia 9 de maio no prédio-sede da Federação das Indústrias do Pará (Fiepa) a partir das 8h30. O objeto da presente agenda é a apresentação de um inédito e amplo estudo com o mapeamento e classificação da oferta vertical de mercado em ambos os municípios. 

O Censo foi desenvolvido pela empresa paranaense Bureau de Inteligência Corporativa (Brain) com identificação, classificação, análise dos empreendimentos residenciais e comerciais, avaliações de mercado residencial nos aspectos socioeconômico e demográfico, além de estudo por tipologia, padrões e regiões. A iniciativa está em consonância aos padrões nacionais desenvolvidos no âmbito da Comissão da Indústria Imobiliária da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CII/CBIC) e com a parceria do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). O evento tem correalização do Sistema Fiepa e da Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Pará (Ademi-PA).

A Caixa Econômica Federal (CEF), Banco do Brasil (BB), Santander, Itaú e Bradesco, principais instituições financeiras e agentes de financiamento de crédito imobiliário no País terão representantes na apresentação do referido diagnóstico, bem como de vários órgãos governamentais e de pesquisa, entre eles a Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa) e o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos do Estado do Pará (Dieese-PA).

De acordo com o projeto institucional, a Brain passará a fazer relatórios censitários até o terceiro trimestre de 2018. Com elaboração a cada três meses, neles estarão contidos dados específicos como a estratificação do mercado em regiões e análise de dados com empreendimentos lançados; ofertas e estoque de unidades; o Valor Geral de Vendas (VGV) lançado, vendido e em estoque; e mais tipologias por número de dormitórios, padrão e preços; e a velocidade de comercialização.

Outras informações consideradas da maior relevância que cada relatório terá à disposição serão o número total de unidades, tamanho das áreas descobertas, metragem de toda a área considerada útil, quantidade de dormitórios e banheiros, detalhes sobre equipamentos sociais coletivos, quantidade de elevadores, vagas de garagem e as áreas de lazer. O estudo servirá de base tanto para as diferentes empresas que atuam no ramo do mercado imobiliário paraense quanto para entidades de pesquisa e a própria sociedade. 

"O Sinduscon-PA, como agente representativo de classe, tem a prerrogativa de buscar mecanismos facilitadores para dinamizar o setor, e um dos fatores para desenvolver instrumentos nesse sentido é o amplo conhecimento da área, da realidade que a envolve", disse o presidente sindical Alex Dias Carvalho. "Consideramos que disseminar esse conhecimento, com credibilidade e detalhamento é um passo  importante para possibilitar novos direcionamentos e atitudes. O mercado exige essa postura, e o Sinduscon-PA toma a frente em favor de novos projetos e empreendimentos", declarou. 

As novas perspectivas de negócios e de desenvolvimento do mercado imobiliário no Estado serão explanadas pelo Sinduscon-PA e corpo técnico que fará a exposição da pesquisa em questão. 

 

Informações:
Gilvânia Sóter 

Coordenadora de Comunicação

(91) 3241.4058 – 99237.0528

(91) 98194.1563 WhatsApp

gilvaniasoter@gmail.com

comunicacao@sindusconpa.org.br

SISTEMA FIEPA - Portal da Indústria Paraense
X