Teatro do SESI: o novo palco da cultura paraense

Publicado em 19/09/2017 09:49h

Sesi Novidades

Teatro do SESI: o novo palco da cultura paraense

Fundado em 1984, o Teatro do SESI volta a abrir as portas e oferta a Belém um novo palco para a cultura com estrutura confortável e moderna. A sala de espetáculos reabre com o objetivo de promover programações culturais de qualidade aos trabalhadores da indústria, seus familiares e toda a sociedade, incentivando também a produção artística local.

Toda a reforma do prédio levou quase dois anos. A estrutura física foi revitalizada e as instalações acústicas e cenotécnicas modernizadas, preparando o Teatro para receber todos os tipos de espetáculos artísticos: dança, música, teatro e projeções cinematográficas.

A reforma proporcionará ao público uma experiência cultural com mais conforto. O prédio climatizado tem capacidade para 417 novas poltronas, incluindo espaço para pessoas com deficiência e obesos e duas plataformas de elevação para acessibilidade dos PcDs. No espaço há ainda uma cafeteria e bilheteria presencial, dando mais uma possibilidade de compra além da bilheteria online.

Em termos estruturais, o Teatro do SESI está entre os melhores teatros do Brasil. A sala de espetáculos possui todos os equipamentos necessários para as atividades artísticas, com palco italiano com 184m² todo em madeira Tauari, desenvolvido com um sistema de amortecimento que alivia o impacto dos pés dos artistas com o solo. O espaço possui também sistema de quarteladas, dois elevadores monta-cargas e manta linóleo na cor preta e cinza.

O teatro ganhou um circuito interno de TV distribuído na coxia e camarins - permitindo que os artistas assistam ao que acontece no palco -, novas instalações das cabines de som e luz e recebeu uma cabine toda adaptada para tradução simultânea. “Toda a estrutura necessária para um grande espetáculo está presente no Teatro do SESI. A reabertura do espaço no ano em que ele completa 33 anos é um verdadeiro presente para Belém, uma cidade tão rica e cheia de singularidades culturais”, diz José Conrado Santos, Presidente do Sistema FIEPA.

Estrutura sustentável

Semelhante às demais obras do SESI no estado do Pará, a reforma utilizou o conceito de construção sustentável. Um sistema de captação recolhe a água da chuva, inclusive na área do jardim superior, e todo o líquido passa por um sistema de tratamento para reutilização nos banheiros. Toda a cobertura do prédio é em telhas termoacústicas, que promove o isolamento da temperatura e do som, deixando o ambiente mais confortável.

No jardim drenante, localizado na parte externa do Teatro, foi desenvolvido um sistema composto por pequenas células semelhantes a tanques com seixo, água da chuva e plantas aquáticas. Esse método promove a fitorremediação, processo que anula os efeitos nocivos ou contaminantes de elementos tóxicos e torna possível o reuso da água para fins não-potáveis.

Na unidade, outro indicativo de sustentabilidade foi o reaproveitamento. A fachada lateral do prédio recebeu uma cascata confeccionada com o vidro reaproveitado da fachada principal e a madeira do palco anterior a obra recebeu tratamento e agora compõem o deck do jardim drenante.

Dentro do Teatro do SESI, o sistema de climatização é do tipo VRF (Volume de Refrigerante Variável), que tem entre seus benefícios economia de tempo de instalação e mão-de-obra, melhor nível de conforto térmico, mantém a arquitetura sem alterar as características do empreendimento, produz baixo nível de ruído e baixo consumo elétrico.

Incentivo à cultura

Com a abertura do novo palco, a intenção é estimular as indústrias paraenses a também serem apoiadoras e patrocinadoras de espetáculos. “O patrocínio a projetos culturais agrega valor às marcas. Existem leis federais, estaduais e municipais de incentivo à Cultura, por meio das quais as indústrias têm a oportunidade de destinar parte de suas verbas para ações de marketing, comunicação, relacionamento com clientes”, detalha José Olimpio Bastos, Superintendente do SESI Pará.

E o espaço, além de sala de espetáculos, busca ser um polo de formação de novos talentos. Estão sendo planejadas oficinas de musicalização e teatro já para 2018. “Queremos reunir neste palco o melhor da cultura paraense e de todo o Brasil. A própria população paraense tem uma relação de afeto com o Teatro do SESI e por isso reabrimos este espaço com tanto entusiasmo”, garante José Olimpio.

Dados de Apoio

  • 417 lugares, incluindo espaço para portadores de necessidades especiais e obesos;
  • Acessibilidade por meio de rampas e elevadores;
  • Cabines de som e luz;
  • Cabine para tradução simultânea;
  • Projeto sustentável, com captação e tratamento de água da chuva para reaproveitamento interno.
  • O Teatro do SESI foi premiado no ano de 1985 pelo Prêmio Nacional de Arquitetura que reconheceu a beleza e funcionalidade do prédio que possui arquitetura com grande uso de concreto e tijolos aparentes.

 

 Informações:

Teatro do SESI

Endereço: Av. Almirante Barroso, 2540. Bairro: Marco.

Horário de funcionamento: Expediente administrativo de segunda a sexta-feira, de 8h às 12h e 14h às 18h. Apresentações de terça-feira a sábado. Ingressos na bilheteria do teatro.

SISTEMA FIEPA - Portal da Indústria Paraense
X