Única premiação dedicada à Amazônia tem cerimônia realizada em Belém

Publicado em 26/11/2018 17:03h

Fiepa Novidades

Única premiação dedicada à Amazônia tem cerimônia realizada em Belém

Foi realizada no dia 23 de novembro, no prédio do Sistema FIEPA, a solenidade de outorga dos Prêmios Professor Samuel Benchimol e Banco da Amazônia de Empreendedorismo Consciente. A cerimônia, além de premiar os agraciados da edição 2018, celebrou também duas datas importantes do evento: os 15 anos de criação do Prêmio Professor Samuel Benchimol e os 10 anos de realização conjunta das premiações.

Participaram do evento autoridades locais e nacionais, acadêmicos, empresários e pesquisadores premiados em edições anteriores dos Prêmios. “O Prêmio Professor Samuel Benchimol completa 15 anos e segue necessário na valorização das universidades e institutos de pesquisa. Precisamos valorizar quem contribui para que a nossa região seja mais do que uma fonte de insumos, e sim um polo gerador de soluções em diversos segmentos”, diz José Conrado Santos, presidente do Sistema FIEPA, realizador do evento em 2018.

Há 10 anos, o Banco da Amazônia se uniu à iniciativa, valorizando a única premiação brasileira voltada a reconhecer projetos e personalidades destinadas ao desenvolvimento da Amazônia. “Temos como desejo desenvolver nossa região com base em uma integração permanente dos setores públicos e privados. O Banco, como fomentador de micro e pequenos empreendimentos, vem acompanhando a elevação do nível dos projetos inscritos e ficamos muito satisfeitos com a evolução da premiação”, falou Luiz Sampaio, diretor do Banco da Amazônia.

Premiação – Neste ano, foram inscritos 176 projetos de diversos estados brasileiros. Mas apesar da grande concorrência, todas as categorias foram vencidas por paraenses. Os premiados receberão R$ 35 mil, R$ 15 mil e R$ 10 mil para o 1º, 2º e 3º lugar, respectivamente. “Sem dúvida, o empreendedorismo é o caminho para um futuro mais próspero e muito ainda será revolucionado pelos jovens de hoje”, pontuou Nora Benchimol, filha do professor Samuel Benchimol.

Na categoria ‘Personalidade Dedicada ao Desenvolvimento Sustentável da Região Amazônica’, o vencedor foi Adnan Demachki, ex-secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia do Pará. Formado em Direito pela Universidade Federal do Pará (UFPA), foi prefeito de Paragominas por dois mandatos: de 2005 a 2008 e de 2009 a 2012. Em 2018 as homenagens foram para os 40 anos da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica(OTCA), 30 anos da Federação das Indústrias do Estado do Acre (FIEAC), 20 anos da Amazon Sat e 10 anos da Fundação Amazonas Sustentável.

As premiações recebem o apoio do Banco da Amazônia, grupo Bemol/Fogás, Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), por meio do seu Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), da Confederação Nacional da Indústria (CNI), das Federações de Indústrias da Região Amazônica, Fundações de Amparo à Pesquisa da Amazônia Legal, dentre outras instituições.

Conheça os vencedores da edição 2018
•    Categoria: Projetos de Desenvolvimento Sustentável na Região Amazônica
Alessandra Santos Lopes / Estado - PA
Título do Projeto: Hortaliças da Amazônia: da valorização da agricultura familiar à inovação tecnológica para conquista de novos mercados.
•    Categoria: Personalidades Dedicadas ao Desenvolvimento Sustentável da Região Amazônica
Agraciado: Adnan Demachki / Estado - PA
•    Categoria: Iniciativa de Desenvolvimento Local (IDL)
Maurício Darcy Favacho da Silva / Estado- PA
Título do Projeto: Modelagem 3D, Prototipagem e Fundição em Cera Perdida na produção de joias com a biodiversidade do Estado do Pará
•    Categoria: Empresa na Amazônia
Cooperativa Agrícola Mista de Tomé Açu / Estado – PA
•    Categoria: Micro empreendimento na Amazônia (Prêmio Florescer) Urbano
Creuzimar Santos Silva / Estado - PA
•    Categoria: Micro empreendimento na Amazônia (Prêmio Florescer) Rural
Maria de Fátima da Conceição Andrade / Estado – PA



SISTEMA FIEPA - Portal da Indústria Paraense
X